ramacrisna topo

TJMG suspende cobrança de precatório de R$ 47,8 milhões

Prefeitura de Betim buscará anulação total da dívida

prefeitura01

O prefeito Vittorio Medioli informou agora pouco através da sua conta em uma rede social, que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, suspendeu a cobrança do precatório de R$ 47,8 milhões marcado de para dia 5 de novembro.
Segundo informou Vittorio, uma nova reunião foi marcada para o próximo dia 18 de novembro, numa tentativa de conciliação.

LEIA TAMBÉM: 'A Família Addams' e 'O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio', estreiam nas salas de cinemas de Betim

Confira a nota na íntegra divulgada pela Prefeitura de Betim.

"A PREFEITURA DE BETIM INFORMA:

Por determinação do Desembargador Alexandre Santiago, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, está suspenso o bloqueio de R$ 47,8 milhões dos cofres públicos municipais a partir do próximo dia 5 de novembro.

O desembargador atendeu o pedido de liminar feito pela administração municipal até a audiência de conciliação, marcada para o próximo dia 18 de novembro, às 14h, na sede do Tribunal de Justiça, em Belo Horizonte.

O desembargador entendeu que a ausência desses recursos impactaria diretamente na vida da população. Em calamidade, a cidade poderia ter que fechar 150 leitos de urgência e emergência, fechar as portas de duas unidades de pronto atendimento, demitir 50 equipes de Estratégia de Saúde da Família, além de outras consequências em todas as áreas da administração municipal.

A prefeitura ressalta que buscará a anulação total da dívida, e não somente a suspensão, além de tomar todas as medidas necessárias para sanar os danos causados até o momento, sejam eles financeiros ou morais."

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.



Publicidade