Suspeitos de sequestro de segurança do Sicoob são presos em Betim

Foram presos dois dos quatro suspeitos de sequestrar um segurança da agência bancária do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), na cidade de Igaratinga, na região Centro-Oeste de Minas Gerais. Os detidos de 20 e 22 anos foram encontrados em uma casa no bairro Jardim Brasília, em Betim, nessa terça-feira (8).

Com eles, a polícia apreendeu R$ 20 mil em dinheiro, um revólver calibre .38 com cinco cartuchos, placas de automóveis e diversos objetos roubados, como joias e semijoias, que foram identificadas pelas vítimas.

Na casa, a polícia ainda flagrou outros possíveis envolvidos, sendo duas mulheres e três homens. Todos foram levados para a Delegacia Regional de Pará de Minas para esclarecimentos.

A operação foi realizada pelo Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico, por meio da 6ª Delegacia de Combate ao Narcotráfico, juntamente com policiais da Regional de Pará de Minas.

Relembre

O sequestro do segurança do banco Sicoob, da esposa dele, de 61 anos, e do filho do casal, de 23 anos, aconteceu na noite da última segunda-feira (7) e o assalto foi na manhã de terça-feira (8).

De acordo com a Polícia Militar, a ação teria sido executada por quatro suspeitos, três homens e uma mulher, armados com três revólveres pequenos. O grupo chegou à agência e ordenou o saque.

Após o roubo, o grupo fugiu no carro do segurança. O veículo foi, depois, encontrado abandonado às margens da BR-262, entre Igaratinga e Pará de Minas, e a família só foi libertada em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a PM, nenhum deles ficou ferido.

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.



UPA Betimonline