rodoviaria02

Multa para quem usar cerol ou linha chilena é de R$ 2 mil reais

19-07-2019Imagem: Reprodução/Rede Social

O caso do adolescente Gabriel Lucas Alves, de 15 anos, que quase perdeu as pernas no último sábado (20), quando um ônibus passou e puxou uma linha chilena, que ficou presa no para-choque de um carro, atingindo a vítima nos joelhos, trouxe de volta, o perigo do uso do cerol ou da linha chilena.

De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, de janeiro a 22 de julho de 2019, oito pessoas, vítimas de acidentes com cerol e linha chilena, foram atendidas nas Unidades de Pronto Atendimento e no Pronto Socorro do Hospital Público Regional de Betim.

LEIA TAMBÉM: Metade do 13º salário do servidor será depositado na segunda-feira (29)

O que a maioria das pessoas não sabe, é que o uso das linhas cortantes é proibido na cidade. Segundo informou a prefeitura, de acordo com a Lei Municipal nº 6.252 de 2017, é proibido o uso de linha de cerol e linhas cortantes de qualquer material em vias e espaços públicos de Betim. São considerados espaços públicos: praças, jardins públicos, ruas, avenidas, alamedas, vielas e becos, parques públicos, cemitérios e campos de futebol. Ao infrator, ou ao seu responsável legal, a multa aplicada será de R$ 2.000,00, e o dobro do valor em caso de reincidência.

A prefeitura informou ainda que a Guarda Municipal de Betim, deu início no último dia 1º, à campanha de conscientização. Foram realizadas blitze educativas e instalação gratuita de antenas para motociclistas na avenida Juiz Marco Túlio Isaac. Os agentes da GM permanecem com a fiscalização por toda a cidade.

Para o cidadão denunciar o uso das linhas cortantes, basta ligar 153.

Comentários   

 
Sergio
0 #1 Sergio 28-07-2019 16:47
E mais não atende
Citar
 

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.



Publicidade