Vereador Tiago Santana

tiago-santanaEle tem apenas 26 anos e foi eleito o vereador mais jovem a ocupar uma cadeira da 17ª Legislatura da Câmara Municipal.
Filiado no PCdoB, Tiago Santana é morador do bairro Betim Industrial, obteve 1.205 votos na eleição deste ano e é considerado uma surpresa no cenário político de Betim por ser desconhecido entre os grandes figurões nos redutos da cidade.
Em sua primeira entrevista, Tiago Santana fala como será sua atuação como vereador da cidade a partir do próximo ano e diz que trabalhará para os jovens e os movimentos da cidade.

1) Quais são as suas propostas para contribuir com o município?
Pretendo dar voz as necessidades das comunidades, dos trabalhadores e da juventude.
Lutar pela melhoria do transporte público, com a ampliação das linhas e horários de ônibus, mais integração entre as regiões e lutar pelo passe livre para os estudantes. Outra reivindicação que pretendo apresentar é a ampliação de vagas e construção de novas creches para educação infantil, além da regulamentação do Crédito Educativo Municipal (CREDUC) que financiará bolsas de estudos para jovens de nossa  Cidade.

2) Qual o compromisso que o senhor assume com a população enquanto representante eleito?
Durante toda a campanha deixei claro que o vereador nada mais é, que um representante. Portanto, pretendo garantir um mandato participativo realizando muitas audiências públicas, buscando ouvir o que a população realmente deseja de seus representantes e a partir daí,
buscar juntamente com o povo, formas  de viabilizar as reivindicações.

3) O senhor é o candidato mais jovem eleito em Betim, isso demonstra a força jovem betinense?
A minha votação não foi restrita ao eleitorado jovem, foram votos regionalizados. Eu sou jovem, iniciei minha participação política muito cedo. Aos 15 anos fui eleito o mais jovem presidente de uma entidade estudantil do país (Umes Betim), conduzindo importantes lutas na Cidade, como o aumento do passe escolar e a criação do Creduc, atualmente faço parte do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicação e também sou presidente da Associação Bem Estar dos
Moradores do Betim Industrial.
Vou fazer um mandato popular, transparente, para as necessidades das comunidades. Mas por ser jovem, acredito que a minha eleição ajudará, também, nas discussões e implantação de políticas públicas para a juventude. Por outro ponto acho que minha eleição pode criar na
juventude uma conscientização e um interesse pela política.

4) Nos fale um pouco da importância da sua eleição para Betim.
Minha eleição demonstra que a população deseja mudança. Foi uma campanha com poucos recursos financeiros, mas com raízes nas lutas populares, com ouvido aberto ao povo. Acredito que o mandato será de grande importância principalmente para os movimentos sociais da
Cidade.

5) Nessa última eleição o PCdoB elegeu 56 prefeitos, sendo que quatro deles, foram eleitos em grandes cidades. Na sua opinião , isso seria resultado do comportamento dos eleitores que exigem mudança na política atual?
Dos eleitores e do próprio Partido que tem ousado nas últimas eleições. O PCdoB deixa sua marca nos espaços que tem ocupado na administração pública e vem apresentando propostas claras para governar os locais que tem disputado. Isso também é fruto de muito trabalho e proximidade com as pessoas.

6) O PCdoB é um partido protagonista na luta dos movimentos sociais, e assume um papel fundamental na luta pelos direitos das mulheres, nesse sentido, quais são suas propostas de lei voltados para esse público?
A mulher tem aumentado cada vez mais seu papel dentro da sociedade, sendo em muitos lares a principal mantenedora, entretanto, ainda acumula a função de cuidar da casa e educar os filhos. Garantir vagas na educação infantil, ampliar os programas da escola integral são
algumas propostas que levarei para dentro da Câmara.

7) Em relação as cadeiras no legislativo, quais suas perspectivas nas próximas eleições para que o PCdoB tenha número de representantes consideráveis?
Retomar a cadeira na Câmara foi nossa principal meta para esta eleição. Agora vamos trabalhar na construção de uma chapa própria, onde possamos ampliar o número de vereadores.

8) O senhor Geraldo Pimenta era o grande nome do PCdoB em Betim. Após algumas derrotas nas urnas ele optou em não mais concorrer. O senhor vem a substituí-lo como maior liderança do seu partido?
O Geraldo Pimenta é uma grande liderança e o presidente do Partido em Betim. Como candidato a deputado obteve mais de 20 mil votos, é suplente na Assembleia Legislativa. O PCdoB tem hoje em Betim várias
lideranças, e não sair candidato foi uma decisão conjunta dele com o partido, que precisava de sua experiência na captação de novas lideranças, na coordenação da campanha e da chapa, que foi maior nessa campanha.
Eu sou mais uma dessas lideranças, e a minha eleição foi uma escolha popular. Por isso pretendo trabalhar pela cidade e ajudar no crescimento e fortalecimento do Partido na Cidade.

9) O PCdoB é da base aliada do Governo Maria do Carmo. O governo apresenta rejeição superior a 50% da população betinense. Qual foi a participação do seu partido neste governo? E Como fazer para que essa rejeição não seja refletida no seu mandato?
O PCdoB esteve a frente da secretaria de Assistência Social onde desenvolveu da melhor forma, as responsabilidades que lhe foi dada.
Buscarei dentro do mandado cumprir com as responsabilidades de um vereador. Fiscalizando e ajudando na discussão e implementação de leis que interessem a população.

10) O que o a juventude betinense pode esperar do senhor como trabalho voltado para essa parcela da sociedade que só é lembrada pelos políticos durante o período eleitoral?
Iniciei a vida política no movimento estudantil e sei da importância de políticas públicas elaboradas com e para a juventude. Pretendo dar voz as necessidades da juventude nos quatro anos de mandato e para isso, ajudarei na estruturação e fortalecimento dos fóruns de debate e
das entidades de representação juvenil dentro da Cidade. Mas como disse antes, meu mandato será pra toda a cidade, e não somente pra juventude. Exercerei um mandato pros jovens, mas também pros movimentos sociais, com muita transparência e participação popular.


BATE-BOLA

-BETIM: Terra natal
-PCdoB: Escola
-JUVENTUDE: Ousadia
-UMA PAIXÃO: Clube Atlético Mineiro
-CÂMARA EM 2013: Desafio

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.


transparente