facetwitter

Prefeitura de Betim promove ações de conscientização sobre o HIV/AIDS e ISTs

04-12-2018Foto: Caroline Aleixo/G1

A Prefeitura de Betim, por meio da Secretaria de Saúde, promoverá ações de conscientização pelo Dia Mundial contra a Aids, celebrado em 1º de dezembro. O município desenvolverá a campanha com foco no conhecimento do estado sorológico, estimulando a testagem para o HIV, mas também o uso de preservativos. Em dezembro, as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) promoverão ações educativas para conscientizar a população sobre a importância da prevenção do HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

“O diagnóstico e tratamento precoce são importantes para prevenir a cadeia de transmissão do vírus. O uso da camisinha em todas as relações sexuais é o meio mais simples, confiável e acessível de se proteger contra HIV e outras IST’s”, explica a referência técnica em Infecções Sexualmente Transmissíveis/Aids de Betim, Yara Alvarenga Drumond.

Em 2018, o 30º aniversário do primeiro Dia Mundial contra a AIDS é celebrado. São trinta anos de ativismo e solidariedade sob a bandeira do Dia Mundial contra a AIDS (1o de Dezembro) e de campanha pelo acesso universal aos serviços capazes de salvar vidas, tratar e prevenir o HIV (Unaids). Depois de três décadas, a AIDS ainda não acabou. Em 2017, a lei 13.504 batizou o último mês do ano como Dezembro Vermelho, com o intuito de chamar atenção para as medidas de prevenção do HIV e outras ISTs.

Teste rápido
Além do uso de preservativos durante as relações sexuais é importante que a população faça o exame para detecção do HIV, um deles é o teste rápido que permite fornecer resultados em cerca de 30 minutos. Esse teste está disponível nas 34 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, mediante agendamento prévio ou também pode ser feito no Serviço de Prevenção e Assistência a Doenças Infecciosas (Sepadi). Por lá, também são realizadas palestras de orientação e o teste rápido, às quartas-feiras, às 14h, e às quintas-feiras, às 9h.

Sobre a transmissão do HIV
A transmissão do HIV se dá principalmente por relações sexuais desprotegidas, transfusão de sangue sem os devidos procedimentos sanitários de esterilização, por via vertical da gestante para o filho, pelo leite materno ou ainda, com o contato direto com sangue contaminado. A campanha quer aumentar a conscientização da população para uma doença de fácil identificação, com tratamento disponibilizado na rede SUS, mas que continua produzindo muitas vítimas.

Casos notificados para HIV/AIDS segundo ano de notificação em residentes 2017 e 2018

CRITÉRIO DE CONFIRMAÇÃO 2017 2018 TOTAL
Aids 52 43 95
HIV+ 109 93 202
TOTAL 161 136 297

Fonte: SINAN/SVE - Betim

Dados atualizados em 27/11/2018

Serviço de Prevenção e Assistência a Doenças Infecciosas (Sepadi)
Avenida Marco Túlio Issac, 1500, Chácara. Contato: 3531-3038 / 3531-4833

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.



Publicidade