BanerBetimOnlineDEngue960x130

Obras das novas creches em Betim seguem em ritmo acelerado

A construção das novas creches em Betim está a todo vapor. No bairro Angola, a unidade que irá beneficiar 356 crianças, já teve 45% de suas obras concluídas. Em fase avançada de alvenaria, a unidade já está recebendo o assentamento de piso e revestimento em gesso nas paredes. A creche Alterosa, que teve suas obras lançadas em dezembro de 2018 e terá a capacidade para 564 alunos, já passou por trabalhos escavação manual de valas para cinta de fundação, armação em aço das cintas de fundação do muro de vedação, concretagem da cinta de fundação do muro de vedação esta semana, receberá a execução do gabarito da obra e locação das estacas de fundação.

As obras das unidades dos bairros Vila Cristina, Betim Industrial e Citrolândia já foram concluídas e outras seis serão iniciadas em breve no Paquetá, Vila Verde, Petrovale, Cidade Verde, Capelinha e Celso Alves. Juntas, as novas creches irão beneficiar 4.620 crianças de diversas regiões da cidade. “A educação na primeira infância é a base para o futuro de nossas crianças. Investir na educação infantil é garantir uma formação boa e sólida para o bom desenvolvimento cognitivo das crianças. Estamos conseguindo por meio de contrapartidas e recursos do governo federal construir unidades com a qualidade e conforto que os alunos precisam para terem um bom desenvolvimento”, relatou a presidente da ECOS Marinésia Makatsuru.

Impasse
Durante as visitas técnicas aos terrenos em que as novas unidades serão construídas, a equipe de obras da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transportes e Trânsito de Betim (ECOS) se deparou com a invasão em uma das áreas. “Nossos engenheiros ao chegarem no terreno da rua Camboja, Petrovale, se depararam com um muro cercando parte do local – que é uma área pública municipal. Reunimos a documentação necessária e estamos encaminhando à Procuradoria Geral do município uma solicitação para que ajuízem a ação de reintegração de posse da área para darmos sequência ao processo para a construção da nova unidade educacional do Petrovale”, informou o diretor executivo de Gabinete da ECOS, Lucas Neves. A previsão é que o problema seja solucionado em até 30 dias.

Adicionar comentário

Este espaço é fornecido para que os internautas possam expressar suas opiniões sobre o artigo postado. Para outros comentários clique aqui.



Publicidade